KENT ANDERSSON

"O Campeão Sueco"

 

 

A Suécia que tem alguns nomes de destaque no esporte a motor de velocidade, teve em Kent Andersson sua maior expressão !

A Suécia tem muita tradição nos esportes fora de estrada, como motocross, enduro, trial, e também em rally.

Kent é o único sueco a ter um título mundial na motovelocidade.

Loiro alto e esguio, com muita coragem, técnica e conhecimento de mecânica, foi bi-campeão mundial na disputada e rápida categoria de 125 cc, onde muitas vezes a moto andava mais do que poderia, ou deveria !!


Em 1º de agosto de 1942, nascia na cidade de Gothenburg, oeste da Suécia, o garoto Kent Andersson.

Esse garoto arrojado, já aos 11 anos, escondido dos pais,  andava de motos e além disso já participava de rachas !

Mais velho, já trabalhava como frentista em um posto de gasolina e fazia trabalhos como motorista de caminhão.


Kent Frentista de posto de gasolina da British Petrol

Sempre ligado às motos, comprou uma BMW e a deixou no estilo "cafe racer".  Era líder de um grupo, os "Dare Devils" , que promovia rachas nas estradas aos redores de Gothenburg !


Kent preparando sua BMW "cafe-racer" !

Num desses rachas, Kent sofre um sério acidente com a BMW ... com duas vértebras fraturadas, e de molho algumas semanas no hospital, Kent toma uma decisão ... vai começar a correr nas pistas, pois considera muito mais seguro, e poderá desenvolver sua habilidade e coragem para a velocidade !

E assim em 1963, aos 21 anos, com uma Bultaco 125, Kent, faz sua estréia nas pistas, já conseguindo um excelente 2º lugar ! No campeonato sueco consegue sua primeira vitória com a Bultaco !


Kent recebendo o troféu - 1963

Em 1964, Kent consegue trocar sua Bultaco 125 numa Adler 250, e disputa o campeonato Junior da Suécia , ficando com o vice-campeonato !

Com esse bom desempenho, Kent consegue sua licença internacional de piloto e em 1965 disputa sua primeira prova fora da Suécia, em Oulton Park na Inglaterra. Mas, com problemas financeiros e não conseguindo conciliar o trabalho com as competições, Kent tem um ano fraco e até pensa em desistir.

A fábrica sueca de motocicletas Husqvarna, tinha grande tradição no cross, e um mecãnico ligado à empresa, amigo de Kent, o indicou para testes na moto velocidade.

A Husqvarna Racing Team preparou uma moto adaptada para velocidade, de 250 cc, e inscreveu o jovem Kent em alguns GPs do mundial da temporada de 1966.

Kent teve um desempenho surpreendente na sua estréia no circuito mundial ! Marcou um ponto no GP da Finlândia, e no GP do Japão marcou pontos nas categorias de 250 e 350, chegando em sexto nas duas, com a mesma moto ! Com sua Husqvarna de 29 HP, o sueco fez frente às poderosas Honda, Yamaha e Bultaco ! Vence também o campeonato sueco das 250 !


Kent e sua Husqvarna 250 - 1966

Mesmo com esses resultados, a conservadora Husqvarna desistiu do projeto de velocidade, e deu a moto protótipo de presente para Kent.

Em 1967, Kent vende seu protótipo e compra uma Yamaha TD-1B, e ganha pela segunda vez o título sueco nas 250. Também vence sua primeira prova internacional nas 250 cc, em Scarborough.

Com muito trabalho, dirigindo caminhão, Kent consegue guardar dinheiro para, em 1968, comprar uma nova Yamaha TD-1C e uma MZ 125, com as qual agora disputará o mundial das 125 e 250.

Decide se dedicar apenas ao motociclismo, apostando em si mesmo !

Andando junto com feras como Phill Read, Bill Ivy, Rod Gould, Renzo Pasolini, Kent Andersson fica com um honroso 8º lugar no campeonato das 250, tendo como melhor resultado um 3º lugar no GP da Alemanha !

Com a MZ 125, tem como melhor resultado um 5º lugar também na Alemanha. No meio da temporada, chamou a atenção da Maico, e recebe convite para pilotar uma 125 oficial, mas não obtém bons resultados. A moto não era competitiva !

Em 1969, começaria sua melhor sorte. A Yamaha holandesa lhe oferece uma moto 125 oficial, com mecânico e transporte, fazendo Kent deixar a Maico !

Com essa estrutura, os resultados aparecem ! Kent logo na abertura do mundial, em Jarama, fica em 2º na 125 e em 2º na 250 ! 


Kent - Yamaha 125 - 1969

Não demoraria para, logo no GP seguinte, na Alemanha, Kent conseguir sua primeira vitória na 250 ! E na Finlândia Kent repete a façanha !


Kent na sua Yamaha 250 - Spa -1969

Foi uma grande temporada ! 

Vice-campeão nas 250, 4º lugar nas 125...


GP da Alemanha 250 - 1969 - vitória de Kent !

... e campeão sueco das 50 e125 !!


Kent detonando a "cinquentinha" !

Com esses resultados, a equipe oficial Yamaha Europa  o inscreve para 1970, nas categorias de 250 e 350 cc, tendo Rod Gould como companheiro de equipe.

Mas essa foi uma temporada marcada por problemas mecânicos e físicos, como uma clavícula quebrada num dos tombos !  Mesmo assim Kent fica em 4º na categoria 350, e em 3º na 250, com uma vitória no Japão.


250 cc - GP Espanha - 1970


350 cc - Satchenring

Em 1971, na mesma equipe, Kent decide disputar o mundial na 125 e 250, mesmo contrariando a vontade da Yamaha.  Foi um ano desastroso. Dois graves acidentes, o tiram de boa parte da temporada, não dando chance à qualquer bom resultado no campeonato, mesmo com uma vitória no GP da Espanha de 125 !


Kent com a Yamaha 125 - 1971

 Fica em 9º na 125 e em 14º na 250 ! Muita gente acreditava que estaria já em fase de decadência !


250 cc - 1971

Em 1972, as coisas melhoram novamente e Kent vence 3 GPs na 125, ficando com o vice-campeonato ! Kent teve uma ótima temporada, dando enorme trabalho para o campeão Angel Nieto e sua Derbi ! Kent começa a se especializar na rápida categoria de oitavo de litro !


Kent parte para vitória em Imatra - 1972

Porém na 250 o resultado é ruim, com um modesto 7º lugar !


Kent na 250 - 1972

Com uma Yamaha 350, Kent disputou e venceu duas provas na categoria 750 cc !


Kent (nº 40) disputando a 750 com uma 350 !

Enfim, em 1973 viria a sua consagração ! A Yamaha que desde o bi-campeonato na 125 em 1968 e 1969, com Bill Ivy e Phill Read, com as quadricilíndricas RA31, vinha amargando derrotas, decide investir na categoria, criando uma verdadeira jóia ... a Yamaha OW15... bicilindrica, refrigerada à água ! (leia mais)

Foi uma temporada confusa, marcada pelo terrível acidente em Monza, quando morreram os pilotos Renzo Pasolini e Jarno Saarinen !

Mas a atuação de Kent Andersson foi perfeita ! Com sua OW15, o sueco vence 5 provas (sendo as 4 primeiras do campeonato seguidas !) e tem dois 2º lugares ! 


Vitória de Kent no GP da França em Paulo Ricard. 
Em segundo lugar está Bo Jansson (Maico) e em terceiro, Thiery Tchernine (Yamaha TA 125)

A Yamaha vence o duelo com as concorrentes e Kent o duelo com Angel Nieto! O título mundial da motovelocidade, inédito para a Suécia, fica com o fantástico Kent Andersson !


Kent e sua YZ623C (OW15) vencem Nieto e sua Derbi 125 !

Na categoria 350, Kent fica em 5º lugar no mundial !


Kent - 5º no GP da Finlandia - 350 cc - 1972

Em 1974, Kent e a OW15 repetem a temporada ... 5 vitórias, e dois 2º lugares ... e conquistam o bi-campeonato na 125 !


Kent - Bi-Campeão da 125 - 1974

Na 250, Kent conquista uma vitória no GP da Bélgica, mas fica apenas em 8º no mundial.


Kent na Yamaha 250 - 1974


Nesse ano, Kent, convidado por Adú Celso, vem ao Brasil para participar da Taça Centauro, em Interlagos. Seria a primeira visita ao Brasil de um campeão mundial !

A Taça Centauro foi disputada em 3 provas, nos dias 3, 10 e 17 de fevereiro.

Na primeira etapa, disputada em 3 baterias, o vencedor foi Kent Andersson, que ganhou as 3, com sua TZ 350. Em 2º lugar na geral ficou Adú Celso, e em 3º Paolo Tognocchi, ambos de TZ 350. Denísio Casarini, Tucano, Jacaré, e Paulé (TR 350), também foram bem nas baterias.


Kent e Adú Celso na curva da Ferradura !


Kent e Adú Celso ! Show em Interlagos !

Na segunda etapa, também em 3 baterias, mas disputada no anel externo, Adú Celso vence a primeira, mas não conseguiu segurar o sueco campeão mundial nas outras, ficando em 2º na geral. Kent Andersson vence mais essa etapa !

A terceira etapa, prevista para 3 baterias, teve apenas 2, devido ao mau tempo ! Adu Celso vence a primeira, com Kent em segundo. Na segunda bateira, uma grande disputa entre Adu e Kent levantou Interlagos, e na curva do Sargento, o campeão sueco cai, deixando a vitória com Adú Celso ! Kent ainda se recupera e chega em segundo !

No final, a Taça Centauro teve como campeão Kent Andersson, com 24 pontos. Em 2º ficou Adú Celso, com 21 pontos, em 3º Walter "Tucano" Barchi, com 10 pontos, em 4º Denísio Casarini, com 9 pontos, e em 5º Carlos "Jacaré" Pavan, com 5 pontos.


Denísio Casarini, Adú Celso, Kent Andersson, Tucano e Jacaré.
Taça Centauro - Interlagos - 1974


Para a temporada de 1975, a grande vedete seria a Morbidelli !

Kent, que não tem mais uma evolução das OW15 (coisa que a Yamaha não explica), tem apenas uma vitória e o campeão, Paolo Pileri e sua Morbidelli, vencem 7 provas seguidas, mostrando sua superioridade técnica !

Mesmo assim, Kent é o 3º no mundial, com uma vitória !

Para 1976, Kent passa boa parte da pré-temporada se dedicando à ajustes e modificações na sua Yamaha, que apesar de parecer rápida, nos testes, quando em disputa com as Morbidelli nas pistas, não consegue acompanhar o desempenho da italiana.

Kent recebe um convite da Yamaha para trabalhar no seu departamento de desenvolvimento, que é aceito imediatamente. Assim, após o GP da Holanda de 1976, Kent Andersson anuncia sua retirada das competições !

Foram 13 anos de carreira, com 18 vitórias em Grandes Prêmios, muitos pódios e grandes shows de pilotagem, sempre com sua postura característica e única na moto !


Kent Andersson - Não fazia pendulo e mantinha sempre a cabeça erguida !

Depois de alguns anos, Kent Andersson montou uma tipografia na cidade de Landvetter, na Suécia, onde vive até hoje, como uma pessoa simples e simpática !

As competições são para ele hoje uma grande paixão que é acompanhada nos circuitos da Europa ! Participa também dos grandes eventos que são realizados em homenagem aos grandes pilotos e campeões do passado.

Essa história é a nossa pequena homenagem ao grande piloto sueco, que encantou as pistas ...

Kent Andersson !

( Veja Galeria de Fotos )

 

Em Tempo: No dia 29 de agosto de 2006, o grande campeão sueco veio a falecer, por uma ruptura na aorta, aos 64 anos de idade ! Vá em paz Campeão !!

 

Por Ricardo Pupo
Janeiro / 2004


Fontes: Revista Troféu (encarte 2 Rodas nº 1), Revista Motociclismo d´Epoca nº 6, Revista Quatro Rodas nº 164.
Colaboração e fotos cedidas por: Goran Slavic, Pierre Gabrielle e Beau François ( www.bike70.com )


Se você quiser, faça seus comentários sobre essa matéria !

Comentários:



Nome:   E- Mail:


Comentário dos Internautas:



Tive a oportunidade de ver este campeão aqui com o seu capacete aberto, marca indispensavel. Valeu !!!!
Carlos Crippa
crippacarlos@hotmail.com (Quarta Feira, 7 de Janeiro de 2004, às 19:27:08)


Hello,
Good work.
Just you write GP de yougoslavia in 350 1971, but it is Satchenring, the picture just under Spain 1970.
François Beau
françoisbeau@yahoo.com (Quinta Feira, 8 de Janeiro de 2004, às 06:57:32)

N.R. - Thank you, I already corrected !


To all people who love motorbike ..
there is a new site dedicated to Renzo Pasolini at this url : http://www.renzopasolini.com 
Bruno Pellegrini
info@renzopasolini.com  (Domingo, 18 de Janeiro de 2004, às 21:08:34)


NOTA 10 POIS ME FEZ LEMBRAR QUANDO EU IA A INTERLAGOS ACOMPANHANDO OS CORREDORES DE ARARAQUARA. E EM 1974 EU ASSISTI TODOS OS DUELOS DE KENT ANDERSSON COM ADU CELSO. NA EPOCA OS CORREDORES DE ARARAQUARA ERAM, VITORINHO BARBUGLI, EDVILMO MORAES DE QUEIROS, NEZINHO / LUZIA E O PENHA.
LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
pecas@compertratores.com.br  (Quinta Feira, 29 de Janeiro de 2004, às 08:40:37)


Grande piloto. Excelente materia e fotos. Parabens pessoal.
Tabajara A.Jorge
 miraassumpcao@ig.com.br (Segunda Feira, 5 de Julho de 2004, às 17:53:20)


Infelizmente o grande Kent faleceu em 29/08/06, o site motogp.com nao informa a causa da morte, de qualquer modo é um pena.
Descanse em paz CAMPEÃO
Milton Eller

N.R. Realmente, o grande Kent Andersson, faleceu aos 64 anos, vítima de ruptura da aorta (hemorragia interna).


Lamento a morte do Grande Campeão.
Que Deus o tenha.
Ricardo Vieira Guimarães
(rvguimaraes@ig.com.br) Sexta Feira, 1 de Setembro de 2006, às 22:22:56


ESTAMOS PERDENDO TODOS OS NOSSOS CAMPEOES, DENTRO E FORA DO BRASIL É UMA PENA....
FLAVIO ABBUD
(flavio.abbud@terra.com.br) Sexta Feira, 24 de Novembro de 2006, às 18:45:42


Thanks for fantastic material! From Kent´s cousin & good friend!
Raymond Göthede
(raymondgothede@hotmail.com) Segunda Feira, 19 de Março de 2007, às 21:16:22


tenho algumas fótos com kent em algumas passagens por ele enquanto teve no brasil para disputar a taça centauro.
nome = jose roberto beilstrein
email = jrbbeilstrein@hotmail.com


DEUS QUE O TENHA
nome = IRINEU MARTINS
email =
irineumatins@gmail.com


Thank you for this very interesting review of Kent Andersson's career. I think that, on the picture with Angel Nieto captioned "Kent e sua OW15 vencem Nieto e sua Derbi 125 !", Kent is actually riding the 1972 factory YZ623C, not the 0W15 he would ride in 1973-74 and 75. The YZ623C was indeed very similar, being water-cooled as opposed to the previous YZ623s. All the best Jarno
nome = Jarno
email =
Jarno675@free.fr                                            28/08/2015

Jarno, thank you for your participation. According our research, the OW15 is the name of YZ623 project
Ricardo Pupo